Chef Lucas Padilha

05
jul

download (9)

Lucas Padilha, tem 21 anos e pelo que vi é um jovem brilhante na gastronomia e é chamado de  Chef Patissier é apaixonado por doces e chocolate, observador e detalhista por isso faz a diferença em seu trabalho e atualmente mora em Lima capital do Peru. A gastronomia do Peru é algo fantástico e a maioria dos pratos peruanos faz parte de sua história e de sua cultura. Ele sempre teve gosto para saborear os pratos, mas a cozinha o foi despertando ao longo do tempo, viajava e cozinhava para amigos. O momento em que despertou para cozinhar foi quando a mãe teve um problema de saúde. Para criar algo novo ele utiliza sua imaginação a técnica para alcançar as textura e os sabores porque tudo influi para o produto final, por isso na gastronomia tem que fazer um estudo prévio dos ingredientes a serem usados.

 Lucas Padilha cresceu no mundo da culinária peruana e da culinária brasileira, porque a família da  mãe  é peruana e a do meu pai brasileira, então “nasceu” experimentando pratos picantes da cozinha peruana. Por isso Lucas escolheu estudar a gastronomia peruana para aprender mais da culinária do Peru. Ele relata que  “Cozinha é tudo pra mim, é seriedade, é cultura, é paixão, é amor, é diversão, e dar prazer, cozinha é um mundo de descobrimento que nunca se acaba, sempre tem algo que descobrir”. Fez três cursos, o primeiro foi um curso que realizou em Maceió de um curso básico de cozinha. Segundo teve uma experiência em confeitaria e padaria, onde, participou de dois torneios e ganhou em primeiro lugar, um foi em confeitaria criativa com ingredientes peruanos e o outro foi de pães artísticos com ingredientes peruanos.

E o terceiro momento está sendo um diplomado em cozinha peruana. Ele cozinha há seis anos e na prática está há três anos e além de ser divertido para ele, está levando a sério a gastronomia na sua complexidade. O ritual dele antes de ir pra cozinha é verificar se está correta a limpeza e a organização, pois presa por ambientes limpos. A limpeza pessoal para ele e de suma importância, pois, chef tem que aparecer impecável. Um dos pratos que mais gosta é o Picarones que é um prato que sua origem igual a dos pratos da gastronomia peruana.

Possivelmente tentaram imitar os bonhelos espanhóis que os conquistadores consumiam, já por parte da população de escravos era muito difícil ter acesso a gemas e começou a substituir por camote (batata doce) zapallo (abóbora) e assim poder fazer os picarones.Utilizaram ingredientes ao alcance deles como farinha de trigo, abóbora, batata doce e chancaca (mel de rapadura) para iniciar a tradição de uma sobremesa, atualmente que tem consumo massivo em todo Peru.